quarta-feira, 3 de novembro de 2010

A mãe, não!

Eu sabia que escrevendo sobre o PT ia ter muitas reações contrárias e agressivas. Mas por a mãe no meio é demais, neám, gentes? Então vamos combinar: vocês me xinguem à vontade. Pode me chamar do que quiser, mas deixe minha santa mãezinha de fora que, coitada, não tem nada a ver com isto. Vou deletar todos do tipo que aparecer, ok?
Agora, o que eu acho engraçado é que todo mundo acha o Lula um santo, vêm falando dos milhões de pobres que ascenderam à classe média, sairam da linha da miséria, etc, etc, etc. Dá até sono. Tá, não tô questionando o bolsa-esmola, que ajudou quem não tinha nada pra comer. Porém, o restante é tudo consequência exatamente daquilo que eu já expliquei no post anterior.
O que nenhum petista radical me explica é o Delúbio, Genoíno, Erenice e Dirceu, entre outros. Nenhumzinho sequer toca no assunto. Preferem me atacar e a minha mãe do que sequer mencionar os companheiros. Isto quer dizer que o Lula inaugurou uma nova linha de "rouba mas faz" do Maluf? Pode desviar, corromper, enfiar dólares na cueca, fazer mensalões, por parentes em cargos públicos, DESDE que o bolsa-família seja mantido?

11 comentários:

  1. Os comentarios publicados no post anterior são bem civilizados. Aliás, os argumentos apresentados ali são irrefutáveis. Quanto à turma de mensalão, que existiu de fato, todos foram banidos dos cargos de mando e chefia. Cadê o Delúbio? Cadê o Genoíno? Cadê a Erenice? Cadê o Dirceu? Por que voce não conta a história toda? Aliás, por que voce não fala do mensalão distribuído no Congresso para aprovar a reeleição de FHC, fato que foi amplamente denunciado pela mídia, inclusive pela Folha de S.Paulo? Quanto mais voce trata de politica em seu blog, mais percebemos que voce não tem noção alguma do que escreve.

    ResponderExcluir
  2. Se você não percebeu, leitor, os comentários são moderados. Só publico aqueles que preservam minimamente os quesitos da boa educação. A mim, podem xingar. E até parar de ler o blog. Ambas as coisas não vão afetar minha vida em nada.

    ResponderExcluir
  3. Mas que você não tem noção nenhuma do que escreve, quando o assunto é política, como disse o anônimo acima, isso é uma grande verdade...

    ResponderExcluir
  4. Ih, Telma, pelo que estou vendo voce levou um tombo atrás de outro nos argumentos de seus leitores. Assim voce tá fazendo a gente (a categoria) passar vergonha. Pare de postar sobre politica. Vai ``cobrir´´ outros assuntos, vai. Por exemplo: tem um monte buraco de rua na cidade.

    Assinado: um jornalista

    ResponderExcluir
  5. Querido leitor anônimo - tenho certeza que é o mesmo em todos os comentários - se não gosta do que eu escrevo, não precisa vir mais aqui. Se sou tão sem noção e meus mais de 20 anos de jornalismo não me qualificam para dar opiniões, porque perder seu tempo, não é mesmo? Vá ler o blog do PT e me deixa ter minha opiniões em paz, com ou sem noção.

    ResponderExcluir
  6. O Anônimo de 00,46 de quatro de onze quer justificar erros com erros. O PT chegou ao governo sob a égide da ética, da moral, da decência, da transparência, da honestidade, mas não foi isso que se viu. Nunca se roubou tanto nesse país, nem incluindo o período da ditadura.
    E vergonhosa foi também a participação do Lula na campanha. Despiu-de da toga de magistrado e transformou-se no mais gastador de todos os cabos eleitorais. Gastando o nosso, é verdade.
    Se fosse um prefeitim dum municipim, dava cadeia, cassação e perda de direitos políticos, mas a maioria dos ministros dos tribunais são nomeados por ele, dai a blindagem.

    ResponderExcluir
  7. Parreiras, os argumentos apresentados derrubaram a falta de informaçao da blogueira. Aliás, ela continua se manifestando sem noção alguma do que escreve. Postou dias atrás sobre a ``volta da CPMF´´ ignorando que o referido imposto foi criado - e desvirtuado de sua finalidade - durante a gestão de FHC. Pior, nem acompanhou o noticiário para saber que o governador tucano recém-eleito em MG, Anastasia, foi o primeiro a se manifestar favoravelmente à ``volta´´ do imposto.

    ResponderExcluir
  8. Pedro Luizito Tarobá18 de novembro de 2010 16:44

    Moça
    A tua ideologia é sua, seu blog fala por sí.Agora, cocmo jornalista, devia saber que o ´´ rouba mas faz`` não é de Maluf. É de Adhemar de Barros.
    Ter opinião é uma coisa, molestar a história é outra.

    ResponderExcluir
  9. Meldels, agora querem precisão histórica! Afe! Caro Pedro Luizito, desculpe-me o erro. É que Adhemar de Barros não é do meu tempo, ho. Mas vamos convir que Maluf popularizou a expressão, neám?

    ResponderExcluir
  10. Pedro Luizito Tarobá19 de novembro de 2010 12:04

    Desculpe mocinha.
    Mas não é querer precisão histórica, mas precisão jornalística. Um profissional de comunicação não deve saber só de seu tempo. Tem que ter noção de conceito histórico. Conhecer, ao menos,a história contemporânea de seu país é um obrigação profissional.
    sorte e mais leituras (desculpe alguma rudeza)
    PS: posso, até , recomendar, caso seja seu interesse, livros que irão fazer você entender o país em que vive.
    sorte

    ResponderExcluir
  11. Telma, esperar racionalidade de petistas de carteirinha é uma simples perda de tempo. Acho que nem responder estes acéfalos você devia. Quem defende o PT hoje está em uma das duas situações: ou vive do bolsa-esmola ou está nomeado em algum carguinho. Claro, claro, foram mais de 50% de eleitores que elegeram a Dilma. O resto não defende, simplesmente não se importam com o futuro do País mesmo, seu voto é aposta de megasena: vota em quem a pesquisa diz que vai ganhar. É o sonho da imensidão de analfabetos políticos do País, ganhar alguma coisa. Ainda que seja um p... no c... Ah, sou da turma que odeia a Dilma porque me fez votar no Serra. Ou seja, também acho que ele não é grande coisa, e que nós estávamos f... de qualquer jeito.

    ResponderExcluir